Imprima sua Nota Fiscal
o-que-é-a-cirurgia-e-o-rejuvenescimento-íntimo

O que é a cirurgia e o rejuvenescimento íntimo: conheça as técnicas que melhoram a autoestima da mulher

Você já sentiu algum desconforto estético na região íntima? Isso acontece com muitas mulheres que têm excesso de pele nos pequenos lábios, gordura e flacidez na região do púbis e ainda sofrem com a falta de lubrificação da vagina. Sabia que essas condições podem ser tratadas? Conheça e saiba o que é a cirurgia e o rejuvenescimento íntimo.

 

Mas porque realizar esses procedimentos? Primeiro precisamos pensar em como esses problemas na região íntima podem afetar o dia a dia e autoestima da mulher. O desconforto causado pelo excesso de pele na região íntima, por exemplo, pode fazer com que algumas mulheres fiquem envergonhadas ao colocar roupas de academia, biquínis e peças mais apertadas.

 

Já a diminuição da lubrificação – um dos sintomas da menopausa , influencia diretamente na relação sexual da mulher. O líbido é alterada e o ato sexual torna-se muitas vezes doloroso.

 

O que eu preciso saber sobre a cirurgia e o rejuvenescimento íntimo?

 

Pensando nessas queixas e incômodos da vida feminina, preparamos esse artigo para explicar o que é a cirurgia e o rejuvenescimento íntimo, como esses procedimentos funcionam e as vantagens que eles trazem para vida pessoal e para autoestima das mulheres.

 

Cirurgia íntima: dê adeus ao desconforto estético

 

A cirurgia íntima – também conhecida como ninfoplastia -, é realizado para corrigir e diminuir os pequenos lábios da região vaginal feminina. Com o procedimento, eles retornam ao tamanho normal sem que as funções de proteção e lubrificação da vagina sejam alteradas. Só para se ter uma ideia de como esse problema prejudica a vida de muitas mulheres, o Brasil é campeão mundial nesse tipo de cirurgia plástica.

 

A ninfoplastia também pode ser feita para retirar o excesso de gordura e flacidez do púbis e outras condições como:

 

  • Preenchimento ou redução dos grandes lábios;
  • Diminuição do clítoris.

Como é a cirurgia plástica na região íntima?

 

O procedimento é relativamente simples. A cirurgia é feita com anestesia local e sedação e tem duração de 40 minutos. Durante a operação, parte dos lábios é cortada e reconstruída. As suturas são realizadas com fios que são absorvidos pelo organismo, eliminando a necessidade de retirada dos pontos posteriormente.

A cirurgia íntima também pode ser realizada por laser. Nessa técnica os pequenos lábios são atingidos e retraídos, diminuindo de tamanho. Além disso, o laser estimula a produção de colágeno na vagina, rejuvenescendo a região e promovendo a hidratação e a restauração do tecido.

 

E o pós-operatório?

 

O pós-operatório não costuma ser doloroso, sendo necessário o uso de analgésicos comuns quando existir dor. A paciente pode voltar a trabalhar no dia seguinte. Deve-se evitar esforço físico por 10 dias e a relação sexual só está liberada 20 dias após o procedimento.

Pode ocorrer um inchaço na região, mas que desaparece em poucos dias. Como a cirurgia é feita na mucosa, a cicatrização do local é excelente e sem risco de evoluir para queloides.

 

Rejuvenescimento íntimo: recuperação da lubrificação e da autoestima feminina

 

O rejuvenescimento íntimo é procurado por mulheres jovens e adultas que buscam uma qualidade de vida melhor. O procedimento resolve vários problemas da região vaginal como, por exemplo, a falta de lubrificação, o que causa dores e desconfortos durante a relação sexual.

 

O rejuvenescimento pode ser um aliado aos sintomas vaginais da menopausa. Mais da metade das mulheres nessa fase da vida sofrem com a secura da região íntima, causada muitas vezes pela queda de produção dos hormônios progesterona e estrogênio. Essa situação afeta diretamente a vida da mulher, diminuindo as relações sexuais e prejudicando a autoestima.

 

Existem várias técnicas para rejuvenescer a vagina. Os procedimentos são relativamente rápidos e confortáveis. Saiba sobre cada um deles:

 

– Laser Spectra: aplicado para clarear a região íntima, o Spectra também pode ser usado em conjunto com produtos cosméticos;
– Preenchimento: o ácido hialurônico – muito usado para preenchimentos faciais – também pode ser aplicado na vagina para restaurar o volume. Além dele, o Radiesse também pode ser usado na região, garantindo uma jovialidade aos grandes lábios;
– Radiofrequência: essa opção de tratamento melhora a elasticidade dos tecidos da região íntima, tanto do lado de fora, quanto do lado de dentro. A técnica também estimula a produção de colágeno, aumentando o tônus vaginal e melhorando a qualidade da mucosa. A radiofrequência também é indicada para problemas como incontinência urinária de esforço em mulheres, dor durante a relação sexual, fibroses e aderências pós-operatórias, síndrome da frouxidão vaginal, etc;
– Laser de CO2: essa técnica é recomendada para casos mais severos, como atrofia da mucosa vaginal. O procedimento é indicado para mulheres na menopausa. Além de melhorar o quadro, o CO2 é muito confortável.

 

Muito mais do que uma questão estética, a cirurgia e o rejuvenescimento íntimos são importantes para a recuperação da autoestima e da confiança da mulher. Por se tratar de um local delicado e muito importante para a vida da paciente, é importante que antes de se decidir por um dos procedimentos, a mulher busque um profissional qualificado e que responda a todas as suas dúvidas e questionamentos. É preciso também conhecer e avaliar as contraindicações e entender qual procedimento é mais adequado para cada caso.

 

A escolha de um bom Dermatologista e Cirurgião Plástico, além da confiança construída entre médico e paciente são essenciais para que a mulher se sinta à vontade com o procedimento e que os resultados sejam positivos.

 

Têm dúvidas? Quer agendar uma consulta? Entre em contato com a Clínica Mansur e marque um horário: (32)3311-4466.

No Comments

Post a Comment