Imprima sua Nota Fiscal

Seu filho nasceu com Hemangioma? Saiba o que fazer

O Hemangioma é uma proliferação vascular benigna, que se manifesta com manchas planas ou como tumor vermelho. Essas lesões aparecem no nascimento e podem ter crescimento acelerado no primeiro ano da criança ou regressão espontânea ao longo dos anos de vida. Quando esses fatores não ocorrem, as lesões tendem a ser permanentes e aumentarem de tamanho. Por isso, aconselha-se que o tratamento deve ser iniciado mesmo nos bebês.

Atualmente, o Dye Laser é o equipamento mais eficiente e seguro, sendo o “padrão-ouro” no tratamento de hemangiomas e de outras lesões vasculares de pele e de mucosa. A escolha do aparelho e os parâmetros a serem usados para cada paciente exigem um amplo conhecimento e são fundamentais para o sucesso do tratamento. Além disso, a escolha de um médico especialista é essencial para conduzir da melhor maneira o tipo de tratamento e os seus efeitos.

Como funciona o Dye Laser no tratamento de Hemangioma

O Dye é um laser que é absorvido apenas pela cor vermelha/vinho como a dos capilares, que são vasinhos tão pequenos, que são identificados apenas por uma vermelhidão. É o que ocorre em casos de macha de vinho do Porto (hemangiomas), de Poiquilodermia (no pescoço) e Rosácea (na face). A absorção do raio laser é seletiva, ou seja, as células da pele e as outras estruturas não o absorvem e não sofrem com o seu efeito. São afetadas apenas as estruturas alvo que desejamos tratar, ou seja, os capilares sanguíneos do hemangioma. O resultado, portanto, é o desaparecimento das lesões, porém deixando intactas as células da pele. Para garantir a segurança e eficiência do tratamento, os equipamentos de Dye laser da Candela (Vbeam Perfecta) têm um dispositivo automático acoplado que, imediatamente antes do disparo, libera um gás congelante que anestesia e protege a pele.

Os fatores mais relevantes relacionados ao paciente são: idade, cor da pele, localização e profundidade da lesão. Após essa avaliação, o dermatologista poderá decidir se há necessidade de associação de tratamento clínico com betabloqueadores. Uma atenção maior deve ser dada aos casos que acometem localizações especiais, como a face ou aqueles que têm crescimento rápido, episódios de sangramento, dor, ulceração ou infecção.

Pacientes na vida adulta representam grande chance de melhora, porém o tratamento precoce pode impedir que o desenvolvimento do hemangioma deixe sequelas definitivas e irreversíveis. Há alguns anos “esperar pra ver” era a recomendação para os portadores de hemangioma. Tal conduta não é mais adotada pois sabe-se que os resultados no tratamento precoce com terapias seguras, como betabloqueador e Dye Laser, são excelentes, proporcionando uma qualidade de vida melhor para pessoas que ficariam marcadas por toda a vida.

Clique aqui e agende uma consulta para saber mais sobre o tratamento de Hamangioma e de outras patologias.

No Comments

Post a Comment