Imprima sua Nota Fiscal

Barriga flácida? Abdominoplastia resolve

Nem todo mundo está completamente satisfeito com o seu corpo. E na maioria dos casos, a região do abdômen é a que gera mais insatisfação. Para isso existe a abdominoplastia. O procedimento remove o excesso de gordura e de pele, restaura a região e deixa o abdômen liso e tonificado. A barriga fica livre de flacidez e também de estrias e cicatrizes que tanto incomodam.

 

Gravidez, envelhecimento, oscilação de peso – o famoso efeito sanfona —, hereditariedade e cirurgia prévia podem deixar a região do abdômen flácida. Mas você pode pensar: “e o exercício físico? Ele também deixa a barriga lisinha”. Sim, com certeza, mas nem todas as pessoas conseguem alcançar esses resultados, mesmo com uma rotina incrível de treinos e controle de peso. Para todos esses casos, a abdominoplastia pode ser a salvação.

 

A cirurgia é indicada tanto para fins estéticos quanto para terapêuticos. O paciente precisa estar saudável e em boa forma. Isso é necessário porque se a musculatura abdominal estiver muito fraca, a sutura muscular feita durante a cirurgia pode ser comprometida. A abdominoplastia é procurada por pessoas que emagreceram muito, por quem acumula muita gordura na região da barriga e por mulheres que engravidaram algumas vezes.

 

Como funciona a cirurgia?

O procedimento retira a pele abaixo do umbigo, a principal afetada pelos depósitos de gordura e formação de estria, e reposiciona a musculatura reto-abdominal, deixando a região durinha, plana e acinturada. Normalmente esse tipo de cirurgia é associada à lipoaspiração para dar um contorno corporal melhor e harmônico. O paciente precisa estar saudável e fora da faixa de obesidade.

 

Após a cirurgia as incisões poderão ser cobertas por curativos e o paciente ainda poderá usar uma bandagem elástica para sustentação do procedimento. Também será necessária a utilização de um dreno por uma semana, tudo isso para evitar excesso e acumulo de sangue e fluidos no corpo.

 

E a recuperação?

É recomendado que o paciente evite esticar o tronco por 15 dias e não pegue peso por dois meses. Também é preciso evitar a exposição soltar por dois meses, depois disso só com filtro solar. Exercícios pesados e de impactos também só podem ser feitos depois de dois meses, porém as caminhadas estão liberadas após dez dias.

 

Abdominoplastia x Miniabdominoplastia

A miniabdominoplastia não é uma versão menor e compacta da abdominoplastia. Apesar de ser feita na mesma região e ser uma cirurgia pequena, a miniabdominoplastia é indicada para pacientes que sofrem de flacidez leve e apresentam poucas estrias.

 

Vale lembrar que a abdominoplastia não é um substituto à perda de peso e deve ser acompanhada de uma boa alimentação e exercícios físicos. Quanto menor for a oscilação de peso depois da cirurgia, melhor será o resultado a longo prazo.

 

Tem dúvidas? Quer agendar uma avaliação? Entre em contato com a Clínica Mansur e marque um horário: (32)3311-4477. O orçamento gratuito é feito nas segundas e quintas-feiras.

No Comments

Post a Comment